Quem representará melhor o esporte de Bento Gonçalves nos próximos anos?

O município perdeu representatividade no cenário nacional do futebol após a queda do Esportivo para a Segunda Divisão. Em contrapartida, ganhou um clube competitivo de futsal, vem se tornando a principal potência do estado no rúgbi e viu o Flamengo de São Valentim dar um passo a mais no seu processo de profissionalização ao ingressar no Campeonato Estadual de Amadores.

O Blog da Corneta, então, quer a resposta para o título deste post. O Esportivo continuará sendo o principal divulgador do esporte no município? Ou o clube perderá este papel para os novos clubes que surgiram na cidade? Também incluímos, na enquete ao lado, o Bento Vôlei, cujo projeto é de voltar a Superliga com jogadores da casa num período de três a quatro anos.

*Na enquete anterior, perguntamos se o torcedor alviazul apoiava o nome de Alessandra Salton na presidência do Esportivo. A enquete ficou poucos dias no ar e registrou dezesseis votos, sendo quatorzes a favor e dois contra.

Anúncios

16 Comentários

Arquivado em Blog da Corneta

16 Respostas para “Quem representará melhor o esporte de Bento Gonçalves nos próximos anos?

  1. Anderson

    Acompanho todos os esportes de Bento há muitos anos e minha opinião é que a tendência é a de grandes dificuldades para o esporte local. Há muitos motivos mas o principal é a falta de recursos para o esporte a começar pela falta de apoio da área politica. O Esportivo desde a posse do Sr. Roberto Sperotto parece que só angariou antipatia de todos tanto torcedores como dos membros do seu próprio conselho que só comparecem às reuniões para controlar os ímpetos do mesmo que sem dúvida é o pior de todos os dirigentes da história do clube. Portanto, até que o grupo atual não seja afastado não há a mínima chance de melhora pela falta de credibilidade de todos eles. Quanto ao volei realmente há um plano consistente para a volta que por enquanto está fixado nas categorias de base e também pela credibilidade dos principais dirigentes que segundo ouvi serão reforçados de outros que já tiveram experiências em outras modalidades de esportes com forte credibilidade.
    Os outros esportes estão se mantendo somente com recursos minguados da Prefeitura o que não lhes dá um futuro seguro. Sendo realista o mais próximo de ser o representante de Bento srá o volei a não ser que o Esportivo opere um milagre.

  2. OTIMISTA!!!

    – Esportivo: dispensa comentarios “com sua direção competente”.
    – Flamenguinho: uma piada….vai acabar no maximo na segunda divisão e depois afundar em dividas e sem torcida (TEM EXEMPLO ACIMA)
    – Rubgi: esporte sem futuro na minha opinião.
    – Futebol de salão: uma febre.. assim que terminar o dinheiro termina o time como foi a Reserg.
    – Volei: de todos o que tem mais chances, mas depende de dinheiro e patrocinio como os outros.
    Resumindo:
    TODOS CAMINHAM JUNTOS…….MAS PARA MESMO TRISTE FIM!!!
    BENTO SEM REPRESENTATIVIDADE NENHUMA….
    A POLITICA IMITA O ESPORTE!!!

  3. PAULO

    VOLTEI
    ótimo comentário do parceiro a acima, Bento não tem pessoas capacitadas, todos pensam em seu próprio bolso em ter uma mansão um belo carro , somos pobres de mentalidade e isso reflete no esporte e tbm na política.

    COMO SEMPRE DIZIA IVAN DALPONTE
    NAS REUNIÕES DO ESPO, VAMO FECHAR TUDO!!!!!!!

  4. lombris

    acredito em apenas uma coisa, NO TRABALHO. merito esse que tem o bento volei, que ha anos faz um excelente trabalho social e se mantem com alguns fundos. mas junto a esse ha um grande trabalhador, que é o Farrapos Rugby, que se mantem com o trabalho de seus dirigentes e jogadores com pequenos patrocínios e hoje ja é o maior clube do estado, tendo ja revelado atletas para seleções, e que em dois anos ja trouxe titulos e esta em uma final de primeira divisão, nomeando Bento Gonçalves como a cidade do Rugby.

  5. Fabiano Sperotto

    Criticas sempre são bem vindas, agora essa deixa do “otimista” fala serio, sobre o rúgbi ser sem futuro, nem vamos comentar pois ele não deve nem saber oq é o esporte e a maneira que vem crescendo em todo o mundo.
    Em todos os clubes a diretoria e os patrocínios são a base, o esportivo sofre e sempre vai sofrer com o mal da dupla grenal, os torcedores de nossa cidade preferem vestir as camisas dos times da capital do que o representante de Bento Gonçalves, sem torcida, sem sócios, sem time.
    Vôlei e futsal devem reiniciar seu crescimento, buscando reviver suas escolinhas, os jovens precisam urgente de esporte, ou vão terminar comendo mcdonalds e assistindo domingão do Faustão.

  6. OTIMISTA!!!

    Quanto ao Rubgy, continuo achando um esporte sem futuro, para um esporte que surgiu em 1823 acho que esta evoluindo pouco..

    • Raf

      Segundo esporte coletivo mais praticado no mundo?
      Isso não conta nada pra você?

      Ou você se esqueceu de como era lembrado o volei da década de 80?

      Senso crítico é muito bem vindo quando se tem embasamento no assunto, não apenas “googlear” uma palavra e achar que pode estabelecer uma regra sobre o futuro do esporte quando o mesmo depende dos seus praticantes.

      De uma coisa estou certo, o rugby, volei e o futsal realmente teriam um futuro incerto se você estivesse a frente deles.

      Te convido a sair deste ostracismo e conhecer nosso time num dos treinos. Será muito bem recebido e quem sabe você pode – além de criticar – mexer a bunda pra mudar um pouco o que está a sua volta.

      Abraços.

  7. Bruno Laghi

    Ser cavaleiro não significa apenas abrir a porta do carro da namorada ou esposa, mas sim, em ter honra, humildade sincera, e respeito acima de tudo e de todos… essa é a filosofia do RUGBY… e o Farrapos Rugby Clube, incorpora isso como sua principal missão, sendo este, uma organização; com certeza prescisamos de auxilios externos,mas sem duvida seus jogadores por serem Cavaleiros não esperam as coisas cair do céu…

  8. Bruno Laghi

    Ao invés de ficarmos metendo o pau na politica…
    usamos o esporte para reverter esse quadro.

  9. Torcedor 23

    Esse é um grande momento para vocês da imprensa escrita e principalmente para os irresponsáveis da imprensa falada fazerem uma reflexão sobre o assunto.
    Por que muito do que se “não tem” hoje no esporte e por causa das baixarias e fofocaiadas que vcs fizeram.

    Respondam vcs essa pergunta!!!!!

  10. Bruno B.

    Acho que o esporte que é o mais jogado hoje em toda europa, oceania, e africa do sul, nao pode ser considerado sem futuro, correto?

  11. CASIENSE

    POR AQUI NO MEU “PAÍS”
    O ESPORTE MAIS DIFUNDIDO É O AREMESSO DE QUEIJO E CORRIDA DE CARIOLA…
    É O FUTURO…. SRSRSR

  12. Bafana Bafana

    Aqui no meu país, o rugby é O ESPORTE!!
    vejo que para o nível brasileiro, vcs tem um time, um clube promissor e muito bom, com chances de ser uma potência nacional……Mas não se preocupem quanto ao esportivo! uma hora a maré muda, a cabeça das lideranças da cidade mudam e o dinheiro vem…aí vcs lembrarão sem saudades de um tempo ruím que viveram lá longe, no ano de 2010.

  13. Fabiano Sperotto

    Comentar o quanto o Rúgbi é grande mundialmente isso é melhor em outra ocasião. Lembro quando eu ia na escolinha do esportivo sempre lotada de crianças, o futsal não era diferente, o esporte em Bento esta diretamente ligada a dinheiro, perdeu-se o valor como lazer e qualidade de vida, hoje é mais fácil os pais deixarem seus filhos na frente de um computador ou vídeo game, do que acompanhar sua vida esportiva.
    Todas modalidades deveriam ser valorizadas e bem representadas, temos as lutas, os ciclistas, modalidades olímpicas, mas sendo esse fato impossível, vamos esperar p ver, eu aposto que Bento coloca um jogador na olimpiada de 2016 no Rúgbi.

  14. Antonio Paulo

    eu apoio todos os esportes da cidade mas gostaria de ver o esportivo pelo menos na série B do Brasileiro,estrutura tem, gente competente tem, só falta paixão,amor pelo manto alviazul, sentimentos que se perderam la nos anos 70 quando ninguém ganhava do tivo na montanha e eventualmente ganhava de goleada dos clubes do interior e da capital também. hoje se perdeu a indentidade, a grande maioria da população não tem raizes com a história do municipio e muito menos com a do alviazul e por isso levada pela mídia e por alguns formadores de opinião as pessoas torcem por times da capital. mudar isso?dificil, mas não impossivel. vai melhorar,mudar,quando as pessoas resolverem abraçar a causa alviazul como se fosse sua causa particular,como se fosse seu problema familiar, ai sim, com garra, amor e sobre tudo vontade de trabalhar pela causa as coisas aconteceriam.até lá,até que essas pessoas resolvam pensar assim,vamos alternar pesadelos com sonhos de série B.dá-lhe rúgbi,dá-lhe volei,dá-lhe futsal e principalmente DÁ-LHE BENTO, o mais importante é ver nossa cidade crescendo muito no esporte.não importa quem fara mais ou quem é melhor,importa é que todos façam.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s