Um concorrente para o alviazul

Acácio Egrees, demitido do Esportivo no início do ano, será o coordenador das categorias de base do Flamengo S.V

A concorrência local que, muito se fala, poderia se benéfica para o Esportivo, está virando realidade. Ainda não é um concorrente que irá enfrentá-lo dentro das quatro linhas. Mas já começa a causar preocupação ao alviazul. Na última semana, o Flamengo de São Valentin anunciou a contratação de Acácio Egrees para coordenar as categorias de base do clube, que atualmente conta com cerca de cinquenta crianças e adolescentes de 6 a 14 anos. Para quem não lembra, Acácio foi demitido do Esportivo no início do ano após promessa de reestruturação no departamento amador. Ele trabalhou durante oito anos no clube. Tem um relacionamento próximo com a Federação Gaúcha de Futebol e departamentos amadores dos clubes do Estado. O Esportivo perdeu um profissional que dificilmente conseguirá substituir à altura. Se não bastasse, corre o risco de não ser mais o principal clube de formação de jogadores na cidade. O Flamengo pretende iniciar um trabalho forte na base.

Com ajuda da Prefeitura e mensalidades dos alunos, as escolinhas do Esportivo conseguiam se sustentar. Começou a ter prejuízos a partir do momento em que o dinheiro do poder público para o departamento amador passou a ser usado em outras frentes. Foi mais capítulo de uma novela cheia de erros que marcou o primeiro triunvirato da história na presidência alviazul.

João Paulo Mileski

Anúncios

28 Comentários

Arquivado em Blog da Corneta

28 Respostas para “Um concorrente para o alviazul

  1. Torcedor 23

    João Paulo!!!
    POR FAVOR…
    NA CAPA DA GAZETA

    ””DISCUÇÃO”””” POR FAVOR !!!!!

    E VOCÊS QUEREM METER PAU NO ESPORTE!!!!

  2. Corneta Alviazul

    O Flamengo de São Valentim nunca será rival do Esportivo, pois uma rivalidade se faz ao longo da história, e um clube tão novo como o Flamengo, além de ser amador, nunca competiu contra o Esportivo em nada. Mesmo se o clube se profissionalizasse, não há razão para ter rivalidade, pois o que esse clube fez nas décadas de 60, 70, 80, 90, 00? Para mim, o Esportivo deve cultivar rivalidades contra equipes influentes no futebol gaúcho, como Caxias, Juventude, Inter-SM, Novo Hamburgo, ou até mesmo com o pseudoclube de cinco cores. O rival do Flamengo de São Valentim sempre foi e será o Canarinho.

  3. Quase Nada

    Pra mim se profissionalizasse seria otimo!

  4. Vilson Vacari

    -João sempre achei que vc conhece mais o Esportivo, mas pelo que vejo, acho que não; as Escolinhas nunca deram superavit ao Esportivo sempre foram deficitárias, digo sempre, podes pedir para qualquer presidente anterior do clube, independente se recebia verba da prefeitura ou não. E para seu esclarecimento o dinheiro que vinha da prefeitura para o amador sempre foi aplicado no amador, pois existe uma prestação de contas onde o clube tem que provar a aplicação dos recursos, isso mensalmente, e há fiscalização da procuradoria do município e do estado sobre isso.
    -Mas ai podemos entrar em outra discução você pode me dizer, mas o clube precisa do depto. amador mesmo que seja deficitário, assim como uns defendem o amador e não o profissional, ou seja, ou se fecha o amador ou se fecha o profissional.
    -Então, podemos abrir outra discução aqui, ou ficamos trabalhando com o amador como uma entidade social, ou ficamos com o profissional como um clube de futebol, eu desde que conheço o clube sei que é um clube profissional, vamos abrir o debate, o que acham.
    -Vocês podem dizer mas não pode funcionar as duas coisas ao mesmo tempo; claro que pode é só ter condições financeiras, mas infelismente acho que no momento não temos esta opção.
    -Ou ficamos com o amador ou com o futebol profissional, eis a dúvida.

    • O dono da verdade

      Vilson,

      Admiro sua coragem e paixão em favor do Esportivo. Eu mesmo não deixaria de lado meu negócio para “viver” do Esportivo. Por mais que os erros tenham acontecido, todos sabiam que um dia a bomba ia estourar, infelismente ocorreu com vocês. Algo que eu não esperava.

      A palavra que define o clube é planejamento. Ninguém apoia nada sem que se mostre resultados. Podemos mostrar resultados hoje? Não. Ano que vem? Muito menos. Achei que o clube entraria no rumo quando foi feito o planejamento estratégico, diga-se de passagem algo básico em qualquer organização que tenha o sucesso como principal objetivo. A base é fundamental para qualquer time de futebol, mas investindo agora, com sorte, teremos retorno em 5 anos. Base funciona em CLUBES, se colocarmos o Esportivo em comparação com CLUBES passamos vergonha. Por que vergonha? Porque não planejamos nada, sempre o próximo ano é pensado, ao invés de mais.
      Vamos mudar nossa situação. Admiro quem tem coragem de patrocinar o Esportivo hoje em dia. Me desculpe, mas é um baita de um anti-marketing. Ver minha empresa, em cadeia estadual, estampada na camiseta de um time que toma 5×0 do pelotas é complicado. Se fosse minha a cota de patrocínio eu cortava na hora.

      Me digam por que o VEC sempre vem forte. Não me venham com aquela do dinheiro. Por mais que tenham, a grana vem de algum lugar ou alguém. Ninguém investe pesado sem a certeza de retorno, por isso volto a frizar, algum bom projeto eles tem.

      Mas voltando ao assunto principal. Antes de formar a base precisamos formar um CLUBE de VERDADE. A base não vai salvar ninguém, e outra, não adianta criar jogador para chegar o Juventude e levar(algo que sempre ocorreu). Vamos criar prioridades, mas prioridades possíveis de serem atingidas, e trabalhar ao máximo. PLANEJAMENTO!

    • O fato, Vilson, é que as informações que partem do próprio clube são desencontradas. Se não bastasse, a direção esqueceu de fazer a prestação de contas e assim não se preocupou em deixar claras as informações para seus torcedores. Além disso, eu não disse que as escolinhas davam superávit, mas sim, que elas conseguiam se manter com os R$70 mil provenientes da prefeitura e as mensalidades dos alunos. Mas, se esse montante não era bastante, gostaria que você relatasse aqui os valores gastos mensalmente para as escolinhas e as receitas arrecadadas para a mesmas.

      Abraço!

  5. Vilson Vacari

    -João, só para o conhecimento de vocês a arrecadação do depto. amador com as escolinhas, não pagava nem o salário do seu coordenador, se somarmos junto os encargos, e vocês vem dizer que dava lucro, nada contra a pessoa nem ninguém, mas infelismente essa era a nossa realidade.
    -Quanto a prestação de contas, ela foi feita sim, foi feita ao membros do conselho na reunião do Hotel Dallonder, infelismente eles (os conselheiros) não deixaram que fosse entregue uma prestação de contas a vocês imprensa, o que era meu desejo, mas a maioria vence.
    -O dono da verdade dou razão a tudo que você disse.
    -E para esclarecimento, no ano passado antes da decisão de disputarmos o campeonato estavamos na seguinte situação, fechamos o amador, o profissional ou o clube, optamos por ficar com o profissional, pois acredito que o clube seja um clube profissional como disse.
    -E o que estava adiantando investir no depto. amador, tendo em vista gente aqui de Bento, gente que usa esse blog se utilizava do investimento do clube nas categorias de base para tirar crianças e levar para outros clubes, ai depois que fechamos o depto. amador se achou no direiro ainda de ficar criticando, pois tiramos a tetinha dele.
    -Pois todos vocês sabem, menor de 16 anos não pode ter vinculo contratual com clube, então é fácil esses aproveitadores se aproveitarem do momento para tirarem bons jogadores do clube.

  6. O dono da verdade

    Voltando ao assunto;

    O Esportivo, hoje, não tem a mínima estrutura de manter uma base de verdade. Quem foi a Porto Alegre viu o que é uma ESTRUTURA de base. Óbvio que eles tem dinheiro, mas tem prioridades também. A prioridade deles é revelar jogadores e lucrar, ai me pergunto, qual é a nossa? Temos 1.000 coisas para pensar e reestruturar antes de criar uma base. Eu digo BASE, escolinha é outra coisa. Uma coisa que me chamou a atenção em Porto Alegre, o Esportivo batalha a anos para montar alojamento e afins, eles em 4 anos tem uma puta estrutura(óbvio que por causa do ronaldinho).

    A sugestão que eu daria, para um primeiro momento é a seguinte:

    – Terceirizar o departamento de Base. Sim, isso mesmo. Manter pessoal do clube focado só naquilo gera um gasto extra e acima de tudo uma perda de foco no real objetivo, que penso eu, seja o retorno para a elite.

    – Devem haver,no estado,no mínimo uma dúzia de empresários que sonhariam em usar o ainda forte(até quando?) nome do Esportivo para promoverem jogadores. Uma parceria bem elaborada, poderia trazer resultado para ambos. Só não vão fazer parciria igual aquela de 2006 com o tal de Manica. Ele que escalava o time, que por sianl era ruim, mas ainda melhor que o desse ano.

    O Esportivo entraria com a estrutura. Os custos gerados são um problema, mas algo à negociar. A escolinha, em um projeto bem elaborado pode não ser algo gerador de déficit, mas como disse antes, planejamento é fundamental. Caímos sozinhos, e para subir necessitamos de parcerias.

  7. PAULO

    VOLTEI DEPOIS DE MUITO TEMPO

    Primeiro quero dizer que o Vilson não sabe nada de futebol ele tem é que ser presidente do ginasio do Erceli Goim, e sabe menos ainda da importância que as categorias de base tem em um clube
    O Acacio é um grande profissional e merece esse convite do flamengo.

    TENHO IMFORMAÇÕES DE BASTIDORES;

    ¨O ESPORTIVO FECHAS AS PORTAS NO DIA 1 DE JUNHO¨.

    MAIS UMA VEZ DOU ESSA BARBADA PRA VOCE JOÃO POLACO, HAHAHAHAH!!!!!!!!!!

    • Caio

      Eu rio da tua ignorância! hahahaha

      Fecharemos com certeza, as forças do município vão deixar o seu maior representante fechar! Pss…. cada coisa que eu tenho que ler.

      Mais uma da série: Bebi e fui escrever no Blog.

    • Ananindeua

      Mas e há alguém aqui que nao saiba que o cluve vai fechar no segundo semestre pra abrir só no ano que vem? desculpe, mas se houver algum louco esperançoso, já podem tirar esse sonho da cabeça.

      Eu adoraria ver o esportivo disputando, mas acho quase impossivel.

  8. Vilson Vacari

    -Vocês falam do Veranópolis como exemplo, Veranópolis tem categoria de base?
    -Paulo realmente não sou um grande entendedor de futebol, mas de expertalhões e aproveitadores conheço de longe.

    • O dono da verdade

      Vilson,

      Ai que me refiro. Categoria de base ajuda e muito um clube, mas na nossa situação só seria um peso morto. E como tu bem sabe, não adianta criar um jogador desde os 14, para quando tiver 16 chegar o Grêmio e levar.

      A única coisa que poderia ser feita, pelo clube(sem parcerias) seria manter a escolinha como forma de visibilidade perante à sociedade de Bento.

      Outro ponto importante. Acho que devemos deixar de lado aquele sentimento anti-grenal. Ninguém mais que eu fui a favor do movimento, mas hoje não temos a menor chance de bater contra. Ou melhor, nunva tivemos.

      Ter o Esportivo como segundo time, no caso de torcedores colorados e gremistas seria o melhor caminho. Agora como fazer isso? Trabalho pro dept de mkt.

  9. Antonio Paulo

    Admiro o Vilson por seu trabalho no Tivo feito com dedicação e coração, já conversamos algumas vezes na comunidade do esportivo no orkut, lembra vilson? antes de chegarem por lá pessoas que querem ver o Esportivo fechado como esse Paulo que devia ter seus comentários moderados pelo blog. Este não foi o primeiro triunvirato João Paulo, na verdade é o segundo, o primeiro é de 1970 com Ulisses de Gasperi – Dorvalino Pozza e Lóris Reali na presidencia, aquela vez deu certo.

  10. Vilson Vacari

    -Dono da verdade tenho o mesmo pensamento que vc, ou seja, acho que é esse seu pensamento, se o clube não tem condições de investir nas escolinhas pelo menos invista num juvenil e junior que podem dar um retorno mais rápido ao clube, e se tiver algum garoto que despondem, o clube pode sim ter o vínculo, para evitar que certos espertalhões venha levar esses garotos para outros clubes, como ocorre hoje, antes dessas categorias.
    -E quando tiver a estrutura e condições de manter as escolinhas, não sou contra não, acho que o clube deve manter sim, digo, tendo as condições necessárias para dar o desenvolvimento para essas crianças, desenvolvimento em todos os sentidos não só no futebol.

  11. Vilson Vacari

    -Pessoal uma coisa sim tenho que reconhecer, independente de quem venha venhar trabalhar pelo clube, precisamos sim de uma reestruturação, mas infelismente para isso temos que começar de novo, e isso pode doer a muitas pessoas, mas infelismente se faz necessário. Por pensar assim ja levei minhas pauladas mas esse é meu pensamento, e espero que entre gente nova no clube, eu particularmente, preferirei ser um grande torcedor do clube, e dar minhas opiniões aqui, é mais comôdo…..rsrsrs

  12. Ananindeua

    Vilson, primeiramente queria dar os parabéns por dar a cara pra bater aqui e no orkut etc… Com certeza é o unico que faz isso e que percebemos o quanto és apaixonado pelo esportivo assim como os desiludidos dos torcedores que tanto sofrem.

    Vilson, só por esclarecimentos, se puder responder responda, senão nem esquenta. Mas vamos lá:

    1 – Existe a possibilidade do Esportivo (com a estrutura de hj) disputar a Copa RS com o time junior que está disputando o gauchao de juniors? Penso isso porque a Copa RS será regionalizada e portanto os custos seriam praticamente os mesmos do gauchao de juniores.

    • Ananindeua

      Só pra complementar.
      Se algo foi acertado em cheio nesse ano foi a volta dos juniores. Com certeza trazem mais retorno ao clube e em pouco prazo. Parabéns!

  13. Vilson Vacari

    -Sim, e o pessoal que está lá esta lutando para isso acontecer, ou seja, deixar para a nova direção a copa RS encaminhada.

  14. O dono da verdade

    A copa rs é um pensamento básico para a volta à primeira divisão.

    Outra ponto interessante a ser revisto pela nova gestão seria um novo planejamento estratégico. Dois anos atrás quando fizemos o plano, estávamos trilhando um caminho que, a principio, tinha tudo para dar certo. Hoje a situação é totalmente contrária.

    Vilson, imagino o quanto tu tenha ouvido nesses últimos anos. Quem está por fora, não entende que desde 2007 começamos um caminho decrescente. E o mesmo terminou da pior forma possível. Acho que tu serias uma pessoa indicada a continuar no Esportivo.

    Esse seria um ótimo momento para algo novo. Vamos mudar! Mas mudar de forma certa, aliando paixão à razão.

  15. Torcedor 23

    Tudo isso é legal, mas na realidade o que acontece é:
    Não prestam conta de nada e se prestam á para os conselheiros. Prometem uma coisa e não cumprem.

    Se categoria de base não da nem pra pagar o prof. por que agora querem reabrir categoria de base?

    o que o Acácio tem que ver com isso. vcs mandaram ele embora e ele tem que cuidar da vida dele. Se ele voltar para o TIVO é pq “cumpriram as coisas com ele” , se ele quer ir para outro lugar é pq algo aconteceu!!!

    Vai fechar, não vai fechar!!! issso é balela.
    Para fechar alguém vai ter que colocar o nome lá e ficar com esse peso pra sempre!!
    Duvido que alguem faça isso.

    PLANEJAMENTO!!!!!!! esse é o rumo.

  16. VÉIO DO SACO (Cheio)

    PALAVRAS MÁGICAS para o ESPORTIVO:
    – PLANEJAMENTO
    – ORGANIZAÇÃO
    – PESSOAS SÉRIAS E COMPROMETIDAS NA DIREÇÃO (remunerada se possivel, mas que amem o Clube acima de tudo)
    – DINHEIRO $$$$$$$ (que seja bem direcionado)
    – EMPRESA (Tratar o Clube como uma Empresa, e não como um “cabide de empregos” ou “vitrine politica”.

    Fora isto o ESPORTIVO continuará na M…. que está ou será que pode piorar ainda? srsr

  17. JONAS

    Li todos os comentários e só cheguei a uma conclusão: todos querem o bem do Tivo mas o diabo é que só planejamento não dá. Tem que ter gente que trabalhe forte e interessada no Clube. Sem discursos pomposos e muito trabalho é que se levanta qualquer empreendimento. Infelizmente, sinto que o triunvirato e o Sperotto estão mais para passar o bastão do que escolher ou aceitar pessoas com vontade e conhecimento para continuarem a história bonita do Espo.

  18. M. do Apito

    Na minha opinião, não existe e nem vai existir concorrente para o tivo na cidade…Posso estar errado mas o tivo tem coisas mais importantes para se preocupar, o Flamenguinho com todo o respeito devido tomou 5 do ESPORTIVO do TURRA!!! Imagina se fosse com o time um pouquinho melhor…E OUTRA…o pessoal de São Valentin não vai concordar, mas não vejo vantagem em ter 2 clubes profissionais em Bento…A prefeitura já não ajuda 1, calcule 2!

  19. giovani mosconi

    fechar a escolinha é ruim
    mas se gera despesas isso será inevitável
    mas essas dos juniores e juvenis talvez falte a esperteza ou coragem de caso encontrem bons jogadores de segurarem essa galera, ou se no caso de isso ser inevitável, tentar ganhar uma granna preta me cima disso.
    É difícil isso, mas com o tempo isso poderá ser possível

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s