“Esportivo do povo, Montanha de novo!” Será?

Este foi o título de uma campanha incentivada pelo internauta Cadu, aqui no blog. No entanto, ela não vai vingar. Pelo menos não neste ano. Em algumas reuniões, a ideia chegou a ser discutida pela direção do clube, que, para minha surpresa, são adeptos ao retorno do time a Montanha velha, palco dos maiores feitos da história quase centenária do alviazul. Porém, o desejo de dirigentes e da maioria dos torcedores esbarra na precariedade pela qual se encontra o estádio atualmente. A velha e saudosa Montanha já não é mais a mesma. O clube teria que desembolsar uma verba salgada para deixá-la em condições de sediar jogos, mesmo que seja pela Segundona com seus humildes estádios. Para começar, não há iluminação. Os fios foram saqueados durante dias e, vale salientar, ninguém fez nada para impedir. Só para resolver este problema, seriam necessários cerca de R$ 100 mil. E se a equipe jogasse à tarde? Daria, se tivesse vestiário para os atletas. Hoje, os vestiários não têm nenhuma condição de serem habitados, mesmo que por alguns minutos. Quando chove um pouco acima da média, é preciso improvisar algo que ligue casamata e vestiário, já que o espaço entre eles se transforma em uma piscina de água suja. Sem falar que o alambrado que separa cadeiras das arquibancadas foi arrancado e pedaços das arquibancadas foram quebrados. Somente uma parceria forte entre clube e Poder Público poderia tornar este desejo realidade. Mas, convenhamos, com a atual administração que comanda o alviazul, as chances de ela ocorrer são de 0,1%. “Sempre acompanhei o Esportivo no antigo estádio. Os times que vão jogar na Montanha dos Vinhedos se sentem em casa. A torcida, além de ser pequena, fica longe. Não tem pressão nossa. Já discutimos esta possibilidade de voltarmos a Montanha velha, mas neste ano, isso será muito difícil. Teríamos que reformar quase tudo, iluminação, vestiários. Esse é um projeto que só pode ser concretizado a longo prazo”, salienta o presidente Vilson Barcellos.

O Esportivo não tem tempo e nem ferramentas para pensar, neste momento, em voltar à Montanha velha. Por isso, sugiro tentar fazer da moderna Montanha dos Vinhedos uma arma a seu favor contra os pequenos clubes do Estado. Pouquíssimos ou nenhum clube da Segundona têm um estádio como o do Esportivo. Os clubes que vierem aqui terão que jogar contra os onze alviazuis, uma grama perfeita e um campo grande, além da sempre barulhenta Fúria Alviazul. Não estão acostumados com isso.

Com sua tradição e conquistas, o Esportivo se tornou grande e ganhou uma casa digna de clube grande. Não há porque voltar a ser pequeno agora.

João Paulo Mileski

Anúncios

23 Comentários

Arquivado em Blog da Corneta

23 Respostas para ““Esportivo do povo, Montanha de novo!” Será?

  1. Luis Delano

    Ora por favor!!!
    retrocesso não!!!
    já chega diretorias sem ambição!!
    Agora voltar pra montanha não…se ela fosse assim tão “poderosa” não teriamos caido pra segundona quando jogavamos lá!!!
    Pelo amor de Deus, não vamos pensar pequeno como nossas diretorias pensam!!
    Temos estadio que muitos times da 1ª divisão gostariam de ter…e nós nos preocupando em voltar pra montanha velha…ora por favor!!!!

  2. cavalli

    Se a idéia da diretoria é o retorno ao estádio antigo……..só nos resta orar. É o fim. Oremos.

  3. André Diplomata

    Retroceder é o fim…
    alguém que chega a dar ouvidos para uma idéia tão ridícula como é a idéia da regressão por simples nostalgia deveria pegar o seu banquinho e sair de fininho…
    vão discutir coisas que podem resolver a situação do clube e parem de dar ouvidos pra essas idéias pequenas e estúpidas…

  4. givani mosconi

    o barcellos tem razão do dizer que a montanha é um caldeirão, como os demais estádios da segundona, mas falando sério, jogar no estádio novo é poder aproveitar os espaços do campo grande e de grama boa, o que não se encontra no resto dos estádios das equipes que disputam a série B.
    Sou a favor de seguir na montanha nova

    • M. do Apito

      Concordo contigo,giovani se o time da casa tem técnica superior a média dos clubes que ele enfrenta….do contrário, o gramado e o estádio viram arma do adversário-vide Veranópolis este ano..e tantos outros…..quando o Esportivo pegou sua mala e sua cuia e mudou de casa, estava assumindo um compromisso de dar um salto de qualidade, não só em suas instalações, mas no futebol profissional, gerência, investimentos, apelo junto a comunidade e etc….O que nos faz ter nostalgia, Diplomata, Giovani e demais companheiros do blog, é que o futebol apresentado nos últimos anos, é futebol de time que joga em campo ruím e que só ganha no grito da torcida e na pressão sobre um eventual juíz amarelão…..logo nos vem em mente a tão saudosa montanha velha….Amo Bento Gonçalves e nossas glórias e me orgulho do estádio novo, mas me orgulho também do tempo que não era qualquer um que tirava ponto de TIVO aqui na capital do vinho. O IDEAL SERIA COLOCAR NO MÍNIMO 3.000 PESSOAS NO MÍNIMO NA MONTANHA NOVA….

      • Corneta Alviazul

        Concordo contigo, a Montanha dos Vinhedos favorece os adversários, pois na eventual Segundona estão acostumados a jogar em “chiqueiros” aí aqui, com esse belo campo, podem jogar o máximo de seu futebol.

        Sinceramente, alguém aqui acha que terá mais de 500 pessoas, em média, na Segundona sendo os jogos na Montanha dos Vinhedos? Mais: Será que o Esportivo conseguirá subir com públicos assim?

        Até o estádio do SESI, que está passando por reformas, poderia sediar jogos do Esportivo na Segundona 2011. É bem melhor que muitos por aí, em questão de estrutura, arquibancadas, gramado, localização, etc. mas temos um compromisso com o elefante branco, precisamos de despesas para manter um grande estádio num campeonato semi-amador.

  5. M. do Apito

    AH!! CAÍMOS PRA SEGUNDONA, MAS EU CONTINUO COM FOME! NÃO VAI SAÍR UM CHURRASCÃO DO TIVO PRA GENTE CHORAR AS MÁGOAS E PENSAR NO FUTURO?

    AGUARDO RETORNO…….

  6. Antonio Paulo

    gostei desse comentário, não ao retrocesso. Vi o tac apavorado quando veio jogar aqui e caiu de quatro, com os outros não será diferente se a forma de pensar de atletas e dirigentes for de vitórias, ao contrário do que tivemos esse ano. O que deve mudar é a politica de torcer, a GERAL então deve ser liberada, é lá que está o tunel dos adversários, é ali que deve ficar a pressão, já que existe contrariedade de algumas pessoas para que se fique junto ao banco de reservas nas sociais, até porque a entrada dos juizes é ali do lado. liberando a geral muito poucos ficarão na social, Os clubes vem jogar aqui e ficam lá no tunel da geral muito a vontade, se queremos realmente mudar esse quadro de neutralidade no estádio temos que pensar em conjunto e construir objetivos. EU SOU GERALDINO ALVIAZUL….DÁ LHE TIVO…

  7. givani mosconi

    bah
    pior
    fazer que neem no ano passado , aquele galeto lá no restaurante casa nostra regado a muita cerveja e vinho
    aí vamos chorar bêbados

  8. Lucas Boscardim

    Mas a idéia, eh reformar a montanha gente. Ta certo. não sei com qual dinheiro e com qual diretoria. Mas imagina ter um estádio BOM no centro da cidade com capacidade pra 20 mil pessoas. Pra quer ter um estádio como a Montanha dos Vinhedos com capacidade pra 15 mil, se ninguem vai? Só vão colorados de merda e gremistas de merda!

    VALTA MONTANHA!

  9. Lucas Boscardim

    Alguém aí q ta a nosso favor (de voltar pra montanha) podia fazer alguma arte pra divulgarmos? Vamos fazer uma comunidade, ajudar. Pelo menos a série B, temos que jogar lá.

  10. ANALISTA DE BG

    O MUNDO EVOLUE, A CIDADE DE BENTO GONÇALVES CRESCE, UM NOVO ESTADIO FOI ERGUIDO… MAS A SUA POPULAÇÃO DE BENTO E AS DIREÇOES QUE PASSARAM PELO ESPORTIVO CONTINUARAM PEQUENOS!!!
    A CULPA É DO ESTADIO MONTANHA DOS VINHEDOS? ME POUPEM SRSRRS

  11. Entendedor

    O negócio é ter time e não ter estádio!
    Ao invés de ficar perdendo tempo com estádio porque nao perdem tempo em elaborar um plano descente e ir atrás de dinheiro?

  12. Torcedor 23

    Essa deteriorização da montanha velha não é culpa e nem obrigação do Esportivo. Isso é da prefeitura, que por sinal não faz nada, com respeito ao esporte de nossa cidade. É só aparecer na secretaria de esportes e ver o que tem por lá!!!!!

    Voltar para a Montanha é um retrocesso sim. O que tem que acontecer é uma campanha forte do marketing do clube para levar o torcedor ao estádio.

    Só para saber!!! A prefeitura ajudou em que no esporte da cidade??????????

  13. Celsão

    e aí galera, tão sentindo minha falta? ha ha ha

  14. mercefodi

    tivao na segundona e nao comi ngm!

  15. ANALISTA DE BG

    O Esportivo precisa:
    1) Dinheiro
    2) Pessoas descentes que saibam usar este dinheiro.
    3) Planejamento
    4) Torcida (que provalvelmente terá em decorrencia dos 3 itens acima)

    O que o Esportivo já tem:
    1) Um belo estadio de dar inveja.

    ALGUEM QUER AI RETROCEDER NO TEMPO AINDA?

  16. Abraan lincon

    Eu quero retroceder, voltar para a montanha velha, se aproximar do centro. não adianta cidade pequene é assim

  17. ZECA

    Acho que voltar a montanha velha é inviável porque se o estádio novo foi feito por troca da montanha velha por R$ 1.300.000,00 mais dois terrenos (um já vendido) o espo teria que devolver o dinheiro com correção certamente e mais o dinheiro da venda do terreno. Só aí é um baita impasse. Acho que o único caminho é aumentar a torcida em uma campanha formiguinha dos que ainda gostam do clube e principalmente fazer uma limpeza em todos os atuais governantes (sic)do esportivo e colocar lá nem que seja alguns bons da torcida e juntar alguns veteranos que afinem com a juventude porque esses que estão aí não são velhos mas odeiam a gurizada.

  18. Antonio Paulo

    Não percam tempo falando em voltar, isso é inviável, não tem como.imaginem a verba que seria gasta para deixar aquele atual mukifo em condições, com muito menos se deixa a montanha nova com estrutura de série A. série B já está, primeiro passo agora é tirar aquela panela velha lá de dentro, segundo colocar o banco de reservas dos visitantes lá na geral,terceiro, liberar a geral para a torcida mijar nos caras que vão estar ali e quarto enterrar uma dúzia de sapos em uma das goleiras e não deixar o goleiro do tivo lá no primeiro tempo, no segundo não tem como né?quinto, antes do jogo alguém vai lá e provoca o goleiro dos caras jogando umas bobagens no gol dele tipo uns paninhos vermelhos e tals, vai que ele acredita e depois que entrar a primeira vai um saco, ele vai dar culpa pra macumba feita..na segundona isso tudo vale….DÁ LHE TIVO…..

  19. Daciano

    Agora sugerem a culpa do estádio, mal localizado e grandioso demais.
    Parece uma alegoria da história do sujeito que encontra a mulher transando com o amigo no confortável sofá da sala e dá três tiros… no sofá.
    A falta de planejamento e até de pretensão derrubou o time.
    Se enfiar na velha toca – por mais conchegante que possa parecer – não é solução.
    Pedir dinhero à municipalidade é repassar a conta pro contribuinte. E isso é paliativo sem resultado de médio prazo.
    Tem que ter um projeto transparente, de longo prazo, com prospecção de fontes de receita, investimento sério nas categorias de base e com profissionalização.
    Acabou o “bodeguismo” no futebol.
    Afinal, é um grande negócio, que apesar de envolver paixão, tem que ser pensado e planejado.
    O novo estádio é um bom começo, uma base que poucos clubes dispõem. Mas não basta. É preciso, sobretudo, capacidade, clareza e pragmatismo na gestão.
    A própria dupla Gre-Nal é um exemplo de que, para ser grande tem, antes de mais nada, que pensar grande, também em termos de estádio.

    De resto, lembro que paixões incompetentes gereciam até cabarés. E geralmente os quebram…

  20. m. do apito fala para todos os homenzinhos

    nossa eu prefiro a montanha velha. La podemos fazer avalanche uhaaaaaaaaa

  21. giovani mosconi

    kra segunda eu tava passando na rua barão do rio branco de carro e olhando pra cima eu tava vendo a geral do estádio da montanha.
    logo veio na minha cabeça e eu até comentei com meu pai, que quando tinha jogo, antes de eu subir o morro q levava até a Osvaldo Aranha, e eu ouvia a torcida gritar, o que me animava pros jogos.
    2 horas depois eu estava em casa em frente ao computador, pensando; na Montanha dos Vinhedos vi poucas vezes isso, o que me deixou desanimado e estou começando a concordar com a idéia de voltar a montanha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s