Bento merece um clube de futebol?

Um momento de reflexão deve pairar sobre os bento-gonçalvenses. A cidade merece ter um clube profissional de futebol? A cada dia, de forma omissa, o seu povo parece clamar um repulsivo ‘não’. O fato é que, dos mais de 100 mil habitantes, menos de 1% participa do dia-a-dia do clube, vai ao estádio, adquire seus produtos, veste sua camisa. Esse é o Clube Esportivo, no alto dos seus 90 anos de história, um time de terceira idade, que já foi vice-campeão gaúcho revelando talentos como Renato Gaúcho e Espinosa. Um clube à beira do abandono social. No último domingo, se definhou mais um capítulo interminável dessa jornada inglória. O alviazul não está mais entre os grandes do futebol gaúcho, revivendo a situação de 1997. No entanto, na época, o time conseguiu se reerguer com o apoio da sua fiel torcida da saudosa velha Montanha e, em 1999, voltou à elite.

Porém, o cenário era bem diferente de hoje. O clube caminha para cada vez mais longe de sua torcida. Fato empiricamente registrado no jogo decisivo contra o Novo Hamburgo, quando 342 almas habitavam a montanha do calvário. Bem mais fácil estar no sofá de casa assistindo a dupla Gre-Nal se deleitando com os chocolates da Páscoa.

Dadas as premissas, surge o questionamento existencial. Qual seria o motivo do afastamento da comunidade dos principais símbolos esportivos da cidade?  2010, ano de Copa do Mundo, promete ser o mais desolador de todos os tempos pela lembrança da queda do Esportivo e da saída do Bento Vôlei da Superliga após 11 anos. Por que os patrocinadores  e o povo deu às costas? A resposta pode estar em outra pergunta. Qual a vantagem em apoiar um time que premedita a sua própria queda? No caso do Esportivo, os próprios dirigentes já alertaram a população sobre tal premonição. No inconsciente coletivo, o Esportivo já se declarava rebaixado.

E a profecia foi se confirmando a cada jogo, num ritual sado masoquista campal.  Uma morte lenta e dolorosa num crime onde qualquer detetive trapalhão poderia decifrar. Não é intenção vangloriar os times da capital, mas a psicologia é cruel com os fracos. Time vencedor tem que ter projeto e postura de vencedor. O ser humano se identifica com líderes que ambicionam algo na vida. O mundo é sim dos Marcelos Dourados. O mundo não é dos fortes, mas dos confiantes.

Gustavo Bottega

Anúncios

30 Comentários

Arquivado em Blog da Corneta

30 Respostas para “Bento merece um clube de futebol?

  1. Assino embaixo. Bom resumo! O esporte em Bento parece que está em estado vegetal, apenas esperando que alguém desligue os aparelhos. É o fim!

  2. Dicesar

    Dougado é falsoooo, duas cagassss!!!!

  3. LUIZ

    Acho que o comentário está refletindo toda a situação do Esportivo com fidelidade. Quase todas as pessoas com que falo dizem para o Clube fechar e argumentam que a falta de lideres de verdade para puxar o mesmo se retiraram magoados porque parece que o moedor chamado diretoria não consegue se entender. Os que saem falam de culpados anteriores ao invés de assumir a culpa de sua gestão.

  4. Rafael

    O PROBLEMA DENTRO DA DIRETORIA É O SENHORITO SPEROTTO !!!!
    GUARDEM ESSE NOME!!!
    É ELE QUE MANDA E DESMANDA EM QUALQUER UM LA DENTRO! ELE TEM O PODER!
    ELE QUE ESTÁ AFUNDANDO NÓSSO AMADO TIME!!!

    • Cadu

      É verdade, em uma conversa minha com o presidente vilson, ele me confirmou que o sperotto quer mandar em tudo la dentro do Esportivo, enquanto que os outros que estao la, mesmo com seus defeitos, fazem trabalho em conjunto pelo bem do clube.

      O vilson tambem me disse que o Lunelli antes de começar o gauchao, juntamente com o Gava, prometeu uma verba de 300 mil ao Esportivo, que seria paga em 5x, o que acabou nao ocorrendo. Só que agora o Lunelli terá que se mexer fora para tirar o clube dessa, pois precisamos do apoio dele tambem.

      Para que o Esportivo saia da Segundona o primeiro passo é demitir o sr. Roberto Sperotto! Esse cara é um cancer para o clube, gravem isso.

      • Elieser

        O vilson não tem condições de dirigir nem o São Pedro e é um mentiroso pelo que se viu na coletiva… fora

  5. Antonio Paulo

    Bento não merece, já tem o Frizzo, a confrainter e o Lunelli que inclui a dupla grenal no calendário oficial da cidade.ninguém está ligando para o esportivo a muitos e muitos anos, ninguém está se importando.Bento é o maior campeão gaúcho de todo o estado, é só somar os títulos da dupla grenal. até Tres Passos tem mais torcida do que nós nos jogos, em se tratando de esportes,Bento é uma VERGONHA.

  6. Luis Delano

    concordo que o ESPORTIVO está deixado de lado pela cidade…e isso me dói muito…é uma lastima!!!
    MAS se o ESPORTIVO fizer times competitivos pode ter certeza que muito mais gente vai ao estadio.
    Afinal quem gosta de ficar sofrendo anos a fio?
    só meia duzia de abnegados como nós…os 342.
    Experimenta se organizar e fazer times competitivos por varios anos a fio pra ver se a parcela de torcedores na comunidade não vai aumentar!!!!!

  7. M. do apito

    Estava com saudades de vocês. Agora o bonaldi foi embora…

    • M. do Apito

      ô, M. do Apito falso, o Bonaldi deu um soco no Santiago? Por isso ele não jogou o último jogo?

      Fiquei sabendo hoje do ocorrido…. não faltava mais nada!!! Tudo deu errado e só poderia acabar com o rebaixamento !!!
      Agora o que nos resta, é cornetear uns aos outros mesmo, já que futebol esse ano nem passou perto da montanha…..

      Vamos aguardar as próximas páginas desse livro de comédia e quem sabe um dia possamos nos orgulhar novamente desse clube que poucos, porém fiéis torcedores amam.

      • giovani mosconi

        o bonaldi tinha me falado isso ni jogo michel
        se lçembra q eu te falei
        eu axava q era brincadeira
        mas era verdade.
        uma cidade que neem bento merece um grande time de futebol, mas a população(menos a apaixonada torcida”300 espartanos”) não merecem

  8. M. do Apito

    Bem colocado !!! A Salton, por exemplo, por conta dos seus 100 anos, patrocinou e colocou dinheiro no clube e teve coragem de vincular sua marca a um time perdedor, que anuncia mesmo antes de iniciar o campeonato que irá lutar para não cair.Poucas empresas gastam tempo e dinheiro com times e atitudes perdedoras!!

    Como colocaram acima, é difícil ir a campo e levar tunda do Avenida, São josé, Veranópolis, Inter SM que ficou uma “cara” de tempo na segundona empatar com aquele time ruim de doer de caxias no último minuto. O Esportivo chegou num ponto onde terá primeiro de mostrar futebol, raça, garra e depois, quem sabe, os recursos voltarão….

  9. Freud

    Esse M. do Apito tem dupla personalidade

  10. André Diplomata

    Texto muito bom. Reflete muito bem a realidade triste dessa cidade que escolhi para viver e desse time que escolhi para torcer.

    Um dia o time mais tradicional da cidade onde morava decidiu fechar as portas. Vendeu o terreno do estádio num leilão para que ali se construísse um shopping.
    A torcida, fiel, realizou um “abraço coletivo” no estádio, juntando mais de 1000 torcedores num ato que emocionou a cidade inteira, pois achavam se tratar de um time “sem torcida”. E foi depois desta mobilização que este time decidiu voltar ao futebol profissional, e pelo apoio e amor incondicional de sua torcida, percorreu um caminho planejado, rápido e perfeito.
    O time? Clube Atlético Goianiense… conhecem???

    O dia que a cidade de Bento Gonçalves quiser e acreditar que pode ter um time grande na cidade, o Esportivo certamente terá momentos de glória maiores até que os de seu passado de poucos títulos expressivos (com todo o respeito à história do TIVO).

    Agora, Bottega, terminar o texto mencionando Big Brother ficou complicado hein… podia ter dormido sem essa…

    • giovani mosconi

      q texto comotivo andré
      quem sabe o esportivo faça isso tbm e olhem onde o atlético está hj?
      jogaram contra nós em 2007 na série C
      hoje estão na série A.

    • Pô Diplomata, não sacou a ideia da referência ao Dourado? O povo é assim, gosta de líderes, mas humildes. Quem for ao contrário disso, no mundo de hoje, tá f…… A direção do Tivo não conseguiu conquistar a audiência da torcida, ou tô errado? Abraço ; )

      • André Diplomata

        Tá corretíssimo. Faltou liderança em quase todos os momentos da trajetória do rebaixamento. A primeira vez que algum líder entrou no Esportivo foi quando trouxeram o Leandro Machado. Um cara que soube conversar com os jogadores, fazê-los render o melhor que podiam. Acredito de verdade que o caminho do retorno à elite deve começar o mais rápido possível e poderia muito bem passar pelas mãos desse cara.
        A diretoria tem que parar de olhar a Copa RS como uma despesa. A Copa RS tem que ser vista como um INVESTIMENTO. Gasta-se dinheiro? Certamente gasta, e sem retorno imediato, já que os patrocínios são quase inexistentes, não existe ajuda de custo da federação, e o custo com salários+hotéis+viagens+despesas gerais é alto. Porém, forma-se um time mais competitivo para disputar a Segundona, que está cada ano mais difícil. Melhora a experiência dos nossos juniores e os coloca “na fogueira”. Os bons podem se destacar, disputar a Segundona do ano que vem e, com um contrato decente, pode render lucro ao time futuramente.
        Mas infelizmente toda a nossa direção é ruim. Nem mesmo temos um departamento jurídico decente para fazer contratos que possam trazer dinheiro para o time.
        Hoje mesmo li que a Portuguesa – SP contratou o canhoto Romano. O jogador (22 anos) vai disputar a segunda divisão nacional, e foi formado aqui, no TIVO.
        E o que vamos ganhar com isso?? Absolutamente nada, porque ninguém soube fazer contrato com ele. Quem sabe nossos vizinhos do outro lado do rio consigam, já que possuem um departamento jurídico melhor que o nosso.

        A crítica ao comentário do BBB é por simples repúdio pessoal contra um programa que nada acrescenta em nossa sociedade mas que, infelizmente, arrasta multidões. Simples saudade da época que a TV Cultura tinha audiência.

      • Ok Diplomata! Bem lembrado a questão da formação. Onde estarão agora os 300 ou 400 alunos da extinta escolinha alviazul? A droga e a TV estão aí.

  11. JONAS

    OUTRO CÂNCER ……PITI ALGUEM SABE ME DIZER O Q ELE FAZ LA ? ALEM DE EMPREGAR O FILHO DELE ?

  12. MARCOS

    eu posso te informar……………n faz nada nunca colocou um palito de fosforo………e só quer se aparecer e falar merda na imprensa.

  13. CEBG

    A relação clube-cidade é de RECIPROCIDADE. Além de se perguntar o que Bento faz pelo Esportivo, deve-se procurar saber o que Esportivo faz por Bento.

    Institucionalmente, o Esportivo deve buscar ser reconhecido pelo que é; um símbolo da cidade. Se conseguir, a empatia dos bento-gonçalvenses pelo clube aumentará, pois as vitórias do Esportivo serão vitórias da cidade e de cada um de seus habitante.

    Pergunto: o clube tem feito isso, ou tem esperado que a cidade o carregue por pura inércia?

    Pois é…

    • Rafael

      CEBG, me diz uma coisa!!!!

      de que jeito o Esportivo consegue ser alguma coisa sem apoio da cidade?

      SEM OS 300MIL QUE O LUNELLINHO BIXONA VAGABUNDO MENTIROSO PROMETEU REPASSAR E NÃO REPASSOU ???????????????????????????????????????????????????????????

    • CEBG

      Sem os R$300.000,00, fica difícil; mas se simplificar a questão, como se problema fosse só esse, não se resolverão os problemas do Esportivo.

  14. Luis Carlos

    A cidade para de apoiar um time que não tem sentido de existir, aonde esta diretoria desmancha as categorias de base e faz um time para não cair.
    Que cidadão tem tesão para ir ao estádio aonde no passado recente existia os guris das escolhinhas que amavam o Tivo, e consigo levava no minimo pai, mae e irmaos.
    Como querem chamar a comunidade se existia dois jogadores de Bento ai…

    São coisas que devemos pensar, o Esportivo deve ajudar Bento para que ai sim Bento ajude o Esportivo.

    Além de tudo o futebol é um bem social, aonde crianças saiam das ruas para jogar bola, e agora aonde esta toda essa gurizada?????

  15. André Diplomata

    Eu acho que esta discussão está tomando rumos da conversa “o ovo ou a galinha”…
    Sem planejamento, os 300 mil da prefeitura iam por água abaixo.
    Time com planejamento não precisa de ajuda da prefeitura, principalmente numa cidade tão rica quanto BG.
    Quem precisa de ajuda da prefeitura é time de cidade pequena, igual Veranópolis…

    • CEBG

      A discussão não se dá na base de “o que veio primeiro”; eu falei em reciprocidade. O fato é que o Esportivo não pode esperar apoio da cidade só porque tem Bento Gonçalves no nome, e nem os bento-gonçalvenses podem esperar o time estar bem para apoiá-lo.

      No clube, a preocupação número 1 deveria ser conquistar o coração das pessoas da cidade. Ainda mais, agora…

    • Antonio Nunes Falso

      CORRETISSIMO!

  16. tivo

    tu vai voltar ao normal quando voltarmos para casa, adeus ‘vinhedão’

  17. giovani mosconi

    verdade botega
    enquanto os jovens podiasm estar treinado hj estão na televisão ou no mundo da criminalidade

  18. giovani mosconi

    lembrem -se poder público
    o guri que devia estar treinando no esportivo um dia pode assaltar tua ksa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s