Samuca, o Comparsa

14092009667

Samuca 'no ar' flagrado por Vinícius Pizzetti

Vamos para o momento histórias bizarras do Blog da Corneta: Episódio de hoje, a pedidos:

‘Samuca, o Comparsa’.

Certo dia, o repórter e radialista esportivo Samuel Alves, o popular Samuca, estava num bar tomando cerveja com os amigos após uma folga das coberturas do futebol amador. E o pior aconteceu. Um bando de ladrões encapuzados adentraram no recinto anunciando um assalto.

– Todo mundo pro chão, proferiu o chefe da gangue, portando um generoso revólver 38.

Samuca e seus amigos logo atenderam ao pedido. O radialista pensou: “Se alguém levar um tiro disso aí morre de tétano”, se referindo ao ‘cano’ do vivente, de tão enferrujado.

– Vamo lá, passem a carteira pra cá, rápido!

Um por um, sem fitar o ladrão nos olhos, foram entregando.  Quando o Samuca foi se virar para dar a carteira (inclusive, recheada de comissões) teve uma grande surpresa. O bandido, com uma meia-calça marrom na cabeça, como num lampejo, mudou o tom e educadamente disse:

–   Aí Samuca, desculpa aí, foi mal. Pode guardar…

E assim os ladrões saíram do bar levando 23 carteiras, menos a do Samuca.  Extasiadas, todas as vítimas – e até um mendigo que estava na janela – se voltaram para ele. Não teve jeito, Samuca teve que pagar a conta.

Obs: História baseada em fatos reais

Gustavo Bottega

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Blog da Corneta

2 Respostas para “Samuca, o Comparsa

  1. PASIN

    Muito boa a história!!!
    Pô Samuca… que que é isso?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s